Betimartins

São palavras simples que estão fluindo do meu coração!

Textos


Eles eram muitos, estavam vestidos de branco
E entre eles, tinham muitas crianças brincando
Pelas ruas repletas de flores, de aromas suaves
Tudo estava na mais perfeita sintonia e calmo.
Não tinha algum barulho, apenas uma musica
Era tão suave que estremecia a alma de alegria
E os pensamentos de amor fluíam como belos rios
Transbordando em oceanos de pura felicidade!
Não existia um rancor, nem ódio e nem maldades
Porque eram coisas do passado, que já morreram
O céu não era mais céu, talvez, apenas fosse...
O verdadeiro paraíso, e fui caminhando feliz
Pelas ruas e lá no fundo estava uma catedral
Imensa e estava cravada de cristais, reluzindo!
Um imenso sentimento fluía de dentro de mim
Entrando nela, eu me reencontrei com o meu lar
Algo muito mágico aconteceu e logo me conectei 
Tudo era luminoso, todas as paredes tinham vida
E na frente estava apenas um altar simples de pedra
Por trás dele estava um senhor de cabelos brancos
Dono de uma barba imensa que descia quase ao chão
Seus olhos eram da cor de mel, doces e expressivos
Suas vestes brancas pareciam quase transparentes
Naquele corpo franzinho, mas com grande agilidade
Caminhei silenciosamente, e inclinei a minha cabeça
Numa reverência majestosa e repleta de pura gratidão
Sobre minhas mãos,uma bela espada foi colocada 
E eu, de joelhos ainda, ciente da minha incapacidade
Chorei perante o Criador num pranto infinito e aflito...
Da missão que tinha para cumprir, pois morri novamente
E agora o que vai ser de mim aqui neste inferno da terra
Eu não sei... Só sei que a batalha é constante e cauculista
E nas lutas que vencerei a escuridão eu renascerei na luz!
Betimartins
Enviado por Betimartins em 23/07/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras